sábado, 2 de julho de 2016

PEDRO AVELINO, UMA CIDADE ABANDONADA, E PRESTES A FICAR NAS MÃOS DO ‘DUVIDOSO’ OSTÍLIO BEZERRA

Após os ministros do (TSE), por unanimidade, 7 a 0, cassarem os mandatos do prefeito e da vice-prefeita de Pedro Avelino (RN), o município continua com problemas: obras paralisadas, obras com recursos totalmente recebidos e não concluídas, e obras com apenas placas com data para inicio e fim a mais de ano e nem sequer iniciadas.

Pedro Avelino, cidade pequena com aproximadamente 7.000 habitantes, (FPM 0,6), entre os menores do Estado, que absurdo, só no gabinete do prefeito são (Oitos cargos CC-I) equivalentes a secretarias. O presidente Ostílio orientou os seus pares com uma única exceção; o Vereador Nilton Mendes, e aprovou ontem 30/06/2016, pasmem, aumentou os salario dos vereadores de R$ 3.000 (Três Mil Reais) para R$ 5.000 (Cinco Mil Reais), de secretários de 2.000 (Dois Mil Reais) para R$ 3.000 (Três Mil Reais).

Ostílio Bezerra responde a processos na Procuradoria Geral do RN por atos de ilegalidade, improbidade administrativa, nomeação de funcionários fantasmas e desde 2014 ocupa três cargos públicos, quarenta horas na SEEC (Secretaria de Educação e Cultura) 40 horas na AGN (Agencia de Fomento no RN) e ainda ocupa a presidência da câmara de Pedro Avelino, recebendo das três instituições mensalmente, conforme documentação apresentada ao MPRN.

A procuradoria Geral é pedida: a sua punição e seu afastamento da presidência da câmara por tamanhas irregularidades, abuso de poder em benefício próprio, abuso de autoridade e mal versação de recursos públicos, processo nº de matricula 167985-6 no MP.

Os Pedro-avelinenses clamam por socorro! e pedem justiça....

Nenhum comentário:

Postar um comentário