quinta-feira, 7 de julho de 2016

Vereadores de Pedro Avelino aumentam salários

 Presidente da casa vereador Ostílio Bezerra e seu parceiro político o Prefeito Sérgio Cadó 
Depois do TSE ter decidido cassar por unanimidade ( 7 x 0), o prefeito Sérgio Cadó, a população de Pedro Avelino ainda tem que engolir um aumento de 67% para os futuros vereadores e 50% para os secretários.

Não bastasse a cidade de Pedro Avelino, ser uma cidade pequena com aproximadamente 7.000 habitantes, (FPM 0,6, entre os menores do Estado), com problemas: obras paralisadas, obras com recursos Federais totalmente recebidos e não concluídas, e obras com apenas placas com data para inicio e fim e nem sequer iniciadas, tudo graças a uma administração desastrada promovida pela atual gestão.
Numa única sessão, os vereadores aprovaram o aumento dos salários de R$ 3.000 (Três Mil Reais) para R$ 5.000 (Cinco Mil Reais), dos secretários municipais de 2.000 (Dois Mil Reais) para R$ 3.000 (Três Mil Reais), deixando congelados apenas os salários do prefeito e vice. Detalhe: a câmara de Pedro Avelino, só tem uma única sessão por semana.

A votação foi presidida pelo vereador Ostílio Bezerra( PMDB), que responde a processos na Procuradoria Geral/RN por atos de suposta ilegalidade, improbidade administrativa, ocupar três cargos públicos, com quarenta horas na SEEC (Secretaria de Educação e Cultura), 40 horas na AGN (Agencia de Fomento no RN) e Presidência da Câmara de Pedro Avelino, recebendo das três instituições mensalmente, conforme documentação apresentada ao MPRN, no processo nº 167985-6. 
fonte;blog do salatiel 

Nenhum comentário:

Postar um comentário