sexta-feira, 28 de outubro de 2016

POLITICA: Com recursos, um em cada 8 prefeitos eleitos podem perder vaga na Justiça.

Um em cada oito municípios do país pode mudar de prefeito eleito nas próximas semanas. Passado o primeiro turno da votação, os candidatos mais votados de 674 municípios ainda aguardam recursos que podem alterar o resultado do último dia (02). Há ainda candidatos que sequer foram feitas as análises do pedido de registro e também podem resultar em declaração de inelegibilidade.
Segundo levantamento do UOL com base nos dados da Justiça Eleitoral, o número de municípios nesta condição representa 12% dos 5.513 municípios do país que encerraram suas votações - outros 55 municípios ainda estão na disputa do segundo turno.

Entre os casos estão 150 candidatos que venceram, mas oficialmente não levaram. Isso porque eles tiveram a candidatura indeferida e tiveram os votos considerados nulos. Porém, como há recursos interpostos para reverter a situação, os votos ainda podem ser considerados válidos, caso os tribunais regionais (TREs) e Superior Eleitoral (TSE) mudem a decisão.

Outros 512 prefeitos eleitos venceram, tiveram o nome confirmado, mas ainda vão encarar recursos impetrados por opositores ou pelo Ministério Público Eleitoral após a decisão em primeira instância. 

Um deles é o prefeito eleito de São Paulo, João Dória (PSDB). No Estado de São Paulo, outros 105 prefeitos eleitos que venceram oficialmente estão na mesma condição.

O número de prefeitos eleitos sub judice ainda pode crescer, já que recursos ainda que podem ser interpostos por candidatos derrotados ou Ministério Público.

Fonte: Portal UOL. 

ANUNCIE AQUI LIGUE:  
99433-5589. Acesse Email: xuadoagreste@hotmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário