quarta-feira, 15 de março de 2017

José Adécio disse a Robinson que está sendo maltratado pelo Governo

Foto: arquivo

O deputado estadual José Adécio conversou demoradamente, nesta terça-feira (14) à tarde, com o governador Robinson Faria. Na pauta, além de reivindicações de melhorias para os municípios em que tem atuação política, o parlamentar deixou claro que não está sendo bem tratado pelo Governo do Estado e criticou a insegurança que assola o Rio Grande do Norte.
José Adécio e Robinson Faria foram colegas, na Assembleia Legislativa, por 24 anos. O deputado votou e trabalhou para a eleição do então candidato a governador, no segundo turno, mas lamenta ser o único parlamentar a não receber nenhum centavo das emendas, nos anos de 2015 e 2016. “Disse ao governador que sinto-me discriminado”, reforçou.
O deputado José Adécio foi um dos que mais se destacaram nas eleições do ano passado, apoiando 38 candidatos e conseguindo que 20 fossem eleitos. “Não fui pedir emprego para ninguém ao governador, não fui fazer chantagem. Apenas disse o que sinto, dessa maneira simples e direta, como o povo do Rio Grande do Norte sabe que sou. Disse que não estou sendo bem tratado. Os recursos das emendas são destinados à saúde, segurança e outros setores e são um direito que os parlamentares têm, não é favor. Não estou exigindo nada ilegal, nem querendo privilégio, mas não estou recebendo o tratamento constitucional que deve ser dispensado a um parlamentar e ainda mais a um correligionário, um apoiador do Governo. Também enfatizei minha insatisfação e a insatisfação de todos os potiguares com essa insegurança que está tirando nosso sossego há muito tempo e que tem piorado nos últimos dois anos, com assassinatos, assaltos, explosões de bancos, enfim, tudo isso que está ocorrendo em nosso Estado”, disse.

Fonte: Assessoria de comunicação do deputado José Adécio
ANUNCIE AQUI LIGUE:  
99433-5589. Acesse Email: xuadoagreste@hotmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário