sexta-feira, 24 de março de 2017

“Sou contra a reforma como ela está na Assembleia”, diz José Adécio

Deputado estadual José Adécio, do DEM
O deputado estadual José Adécio (DEM) se pronunciou nesta quarta-feira 22 a respeito do pacote de medidas fiscais, trabalhistas e previdenciárias sugeridas pelo Governo do Estado com o intuito de equilibrar as contas do Rio Grande do Norte. Os projetos, que abrangem diversas alterações – entre as quais aumento na alíquota de contribuição previdenciária de 11% para 14% dos servidores – estão na Assembleia Legislativa para apreciação. Para Adécio, o Governo deveria destinar mais atenção ao projeto.
Se dizendo contra o modo como o Governo apresentou a reforma e vem levando a proposta adiante, o deputado é categórico ao afirmar que é contra o projeto como ele está. “Não sou contra que a reforma exista. Qualquer político experiente que tem um senso de responsabilidade sabe que as reformas tributária, política, trabalhista e previdenciária são necessárias. Mas na hora que se atinge o funcionário, eu sou contra. Eu não tenho mais idade de errar”, afirma.
De acordo com Adécio, o debate em torno da análise do projeto demonstra inconsistência na proposta. “O que é bom se vota, e não se discute para perder tempo. Não sou contra a reforma. Sou contra a ‘algumas’ circunstâncias da reforma”, destaca.
Mesmo com ressalvas, José Adécio diz conversar com o governador sobre o assunto, a fim de encontrar maneiras de solucionar a crise no estado. “Negar os problemas do estado e do município é agredir a qualquer inteligência mediana. Mas acho que deve ter um ponto de convergência que não prejudique quem já tem sofrido muito”, concluiu.
REFORMA
Além de aumentar a contribuição previdenciária dos servidores, o Governo também pretende aprovar a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) de Limitação de Gastos, que institui o Regime Fiscal Especial para os próximos 20 anos e limita o endividamento público dos três poderes e dos órgãos de administração direta e indireta, PEC semelhante a que já está em vigor na Câmara Federal. Os projetos foram entregues no início do mês pelo vice-governador Fábio Dantas (PCdoB), então governador em exercício.
fonte:agorarn
ANUNCIE AQUI LIGUE:  
99433-5589. Acesse Email: xuadoagreste@hotmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário