quarta-feira, 28 de junho de 2017

Eventual mudança na Série D pode beneficiar o futebol da Paraíba. Entenda

Foto: Arquivo / Jornal da Paraíba

O adiamento da segunda fase da Série D do Campeonato Brasileiro, anunciado ontem pela CBF, até vai atrapalhar o planejamento dos clubes classificados, mas também pode ser encarado de forma positiva pelos representantes paraibanos no certame.
Além de ganhar mais tempo de preparação e por ventura se reforçar seus elencos, Campinense e Sousa podem cair em chaveamentos diferentes e conquistarem junto o acesso à Série C.
Isso acontece justamente por conta do motivo do adiamento: a suposta irregularidade de um jogador do São Raimundo-PA (segundo colocado do Grupo A-2), situação que será julgada nesta sexta-feira (30) pela Quarta Comissão Disciplinar do STJD.
O clube paraense está incurso no artigo 214 do CBJD, o mesmo que puniu o Itabaiana-SE há duas semanas, deve perder pontos e ser multado, sendo então eliminado da Série D.
A consequência dessa punição também vai alterar a grande maioria dos confrontos do primeiro mata-mata.
O beneficiado com suposta irregularidade do São Raimundo-PA seria a Desportiva-ES, que embora tenha sido vice-líder do Grupo A-13, com os mesmos oito pontos do Campinense, não se classificou por conta de um gol (o tento anotado por Reinaldo Alagoano, o segundo da Raposa no último domingo, acabou eliminando os capixabas).
Com a entrada da agremiação do estado do Espírito Santo na segunda fase, 13 dos 16 duelos dessa etapa da Série D sofreriam alteração.
E é aí nessa mudança que Campinense e Sousa seriam alocados em chaveamentos diferentes, com a Raposa passando a encarar o Fluminense de Feira e o Dinossauro tendo que pegar o Guarany de Sobral.
Isso acontecendo, as equipes paraibanas só teriam chance de se enfrentarem na Série D 2017 numa eventual fase de quartas de final (o famoso “mata-mata do acesso”), que terá seus quatro confrontos definidos de acordo com a classificação geral (será levada em consideração toda a pontuação dos oito finalistas, os quais serão submetidos a um cruzamento olímpico: 1º x 8º, 2º x 7º, 3º x 6º e 4º x 5º).
Caso os dois times paraibanos cheguem as quartas e suas pontuações não os coloquem frente à frente, há chance de ambos ascenderem à Terceirona.
Essa situação não é possível com o chaveamento atual (contendo o São Raimundo-PA na segunda fase) porque, caso avancem para as oitavas de final, Campinense e Sousa já se encontrariam nessa terceira fase, matando um ao outro precocemente na competição.

Portanto, caso o STJD puna o São Raimundo-PA, a Paraíba terá de volta a chance de colocar mais dois representantes na Série C do Campeonato Brasileiro de 2018.
fonte:paraibaonlaine
ANUNCIE AQUI LIGUE: 
99433-5589. Acesse Email: xuadoagreste@hotmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário