sábado, 8 de julho de 2017

Garibaldi e Agripino "ameaçados" para o Senado em 2018

Foto de divulgação/campanha eleitoral 
Por: José Pinto Júnior

Jornalista analisa chances de senadores se reelegerem, tarefa que não deverá ser tão tranquila quando na eleição anterior deles. 

Nas ultimas eleições para as duas vagas no senado federal ninguém tinha coragem de apostar contra os nomes dos senadores José Agripino e Garibaldi Filho. Era quase uma nomeação. Apareciam pequenos partidos lançando Roberto Ronconi ou Iranilson Paula Rego, também o PSTU sempre se posicionando. Fora estes, apenas Wilma de Faria chegou a pleitear o Senado e perder a eleição. 

Para 2018, os dois senadores já não parecem imbatíveis. Primeiro porque ambos são citados em escândalos de corrupção. Logo, não se sabe se as denúncias irão ou não evoluir. Seja como for, os eleitores já foram avisados.

Outro fato é que surgem nomes como Zenaide Maia, que com antecedência percorre o estado, e vem mostrando que os dois atuais senadores estão abraçados com o impopular governo Temer.

Surge uma questão: Garibaldi Alves e Agripino Maia estão eleitoralmente mortos? Obviamente não! Mas, que nestes tempos de redes sociais tão ativas e clima de renovação evidente, os conservadores e senadores denunciados deverão enfrentar dificuldades.


Mas, a decisão não é de nenhum escriba. A decisão de renovar ou não, caberá a cada eleitor (a).

fonte:potiguar noticias
ANUNCIE AQUI LIGUE:  
99433-5589. Acesse Email: xuadoagreste@hotmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário