domingo, 17 de janeiro de 2021

Partidos já pensam na próxima eleição e tentam montar chapa para derrotar Fátima em 2022

 

Walter Alves (MDB), Fábio Faria (PSD), João Maia (PL) e Ezequiel Ferreira (PSDB) conversam sobre 2022

Aproveitando o recesso do Congresso Nacional e a estadia no Rio Grande do Norte das principais lideranças políticas da região, um grupo de pelo menos quatro partidos já deu início, nas últimas semanas, a articulações para formar uma chapa competitiva com o objetivo de disputar o Governo do Estado nas eleições de 2022 contra a governadora Fátima Bezerra (PT). As movimentações acontecem apenas dois meses depois da eleição municipal de 2020. Segundo informações que o jornal Agora RN apurou, os encontros das lideranças têm acontecido em casas de veraneio, especialmente a dos políticos que dão expediente em Brasília, mas que, por causa do recesso no Congresso, estão no Rio Grande do Norte desde o fim de dezembro.


A articulação gira em torno da construção de um polo alternativo ao do PT – que deve confirmar em 2022 a candidatura à reeleição de Fátima Bezerra.

Dentro desse bloco que busca se viabilizar como oposição, estão integrantes de PSDB, MDB, PSD e PL, justamente os partidos que mais elegeram prefeitos nas eleições municipais de 2020 – foram 108 dos 167 eleitos no Estado, o que corresponde a 64% do total.

Segundo as conversas de bastidores, as conversas entre os quatro partidos estão em caráter preliminar, mas já são esboçados possíveis nomes para a disputa no próximo ano. O grupo tem trabalhado em um nome de cada partido, para que a proposta seja refinada nos próximos encontros.


Além da disputa do Governo do Estado, o grupo também tem conversado sobre a eleição para o Senado. Em 2022, uma vaga estará em disputa – a do senador Jean Paul Prates (PT), que herdou o mandato de Fátima Bezerra quando ela foi eleita governadora em 2018. A ideia dos quatro partidos é apresentar uma alternativa ao PT nas duas disputas.

Do PSDB, o nome considerado mais competitivo é o do presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Ezequiel Ferreira. Ele é tido como possível candidato a governador ou a senador em 2022, contra Fátima Bezerra ou Jean Paul Prates.

No PL, o nome cogitado é o do deputado federal João Maia, também para governador ou senador.

Já no MDB, fala-se no deputado federal Walter Alves ou no ex-governador e ex-senador Garibaldi Alves Filho.

Por fim, pelo PSD, o nome para a disputa seria o do ministro das Comunicações, o deputado federal licenciado Fábio Faria.

Uma fonte ouvida pela reportagem e que acompanha as discussões aponta que “muita água vai rolar” até 2022, mas que é preciso iniciar o esboço da chapa a fim de construir em tempo hábil um palanque que possa enfrentar em condições de igualdade a governadora Fátima Bezerra e o polo do PT em 2022.

Grupo contempla partidos governistas e de oposição

Na última eleição, todos os partidos que agora dialogam sobre uma possível chapa estiveram em chapas adversárias de Fátima Bezerra. PL, PSD, PSDB apoiaram a candidatura à reeleição do então governador Robinson Faria (PSD), pai de Fábio. O PL, aliás, indicou o candidato a vice-governador (Tião Couto), e o PSDB tinha Geraldo Melo como candidato a senador na mesma coligação.

O MDB, por sua vez, apoiou a candidatura do ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves (PDT), que foi ao segundo turno contra Fátima e perdeu a eleição. O partido também lançou na época Garibaldi Alves Filho como um dos candidatos a senador da coligação.

Na disputa para o Senado, os vencedores foram Zenaide Maia (então no PHS, hoje no Pros), da coligação de Fátima, e Styvenson Valentim (então na Rede, hoje no Podemos), por uma candidatura independente.

Atualmente, dos quatro partidos, apenas o PL compõe a base governista da governadora Fátima Bezerra. Os deputados estaduais do partido (Kléber Rodrigues e Ubaldo Fernandes) são da base governista na Assembleia Legislativa.

O PSDB é rachado. Enquanto o presidente da Assembleia, Ezequiel Ferreira, e o deputado Raimundo Fernandes são aliados do governo, os outros três parlamentares (Gustavo Carvalho, José Dias e Tomba Farias) são da oposição.

O PSD e o MDB são integralmente da oposição.


fonte: AgoraRN

ANUNCIE AQUI LIGUE:  
99433-5589. Acesse Email: xuadoagreste@hotmail.com

Comerciante é morto durante assalto a mercadinho na Grande Natal

 Comerciante foi morto durante assalto em mercadinho de Nova Parnamirim, em Parnamirim, na Grande Natal. — Foto: Geraldo Jerônimo/Inter TV Cabugi

Um comerciante idoso foi morto por tiro de arma de fogo durante um assalto que aconteceu na manhã deste domingo (17) no mercadinho dele, localizado na região do conjunto Cidade Verde, em Nova Parnamirim, no município de Parnamirim, região metropolitana de Natal.

 O crime aconteceu por volta das 7h na Rua Gastão Mariz de Faria. A vítima foi identificada como Raimundo Rodrigues, de 69 anos.

 Um filho do seu Raimundo afirmou que estava no caixa do mercadinho, quando dois jovens chegaram ao local e anunciaram o assalto com arma em punho. O homem não reagiu e entregou o dinheiro que estava no caixa. O pai, entretanto, nos fundos da loja e saiu para tentar reagir.

 "O meliante chegou, anunciou o assalto e passei o dinheiro pra ele, sem reagir. Meu pai era muito afobado, aquele senhor mais antigo, e saiu para reagir, ai o bandido disparou. Foi um tiro só", contou o homem, que preferiu não ser identificado.

Ainda de acordo com a testemunha, logo após o crime, os criminosos fugiram andando normalmente pela rua.

 O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas a vítima morreu ainda no local.

Os suspeitos seriam um adolescente e um rapaz de porte mediano, cabelo grande e que vestia uma camisa vermelha e uma bermuda preta. O segundo teria sido o responsável pelo disparo.

 A Polícia Militar foi acionada ao local para fazer o isolamento até a chegada da Polícia Civil, responsável pela investigação e do Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep).

 Ainda de acordo com a testemunha do crime, a morte do comerciante ocorre quase uma semana após a morte de um conhecido da vítima também em um latrocínio (roubo com resultado de morte) a caminho da Ceasa - Central de Abastecimento do RN. O caso foi do assassinato de Ricardo Marques de Araújo, de 57 anos, que aconteceu na segunda-feira (11).

fonte:g1rn

ANUNCIE AQUI LIGUE:  
99433-5589. Acesse Email: xuadoagreste@hotmail.com


Durante pandemia, Enem realiza 1º dia de provas para mais de 129 mil pessoas no RN

 

ENEM 2019 em um dos principais locais de prova em Natal. (Arquivo) — Foto: Gabriela Fernandes/Inter TV Cabugi

Mais de 129 mil estudantes potiguares são esperados para o primeiro dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020, neste domingo (17), na primeira edição realizada em meio a uma pandemia. Os portões dos locais de prova abrem às 11h30 - meia hora mais cedo que o tradicional, para evitar aglomerações - e fecha às 13h.

Neste primeiro domingo de provas, a aplicação terá 5 horas e 30 minutos de duração. Vai começar às 13h30 e segue até às 19h, com questões de ciências humanas (45), linguagens e códigos (45 questões, sendo 5 de língua estrangeira) e redação. O desafio é maior para alunos de escolas públicas que não tiveram aulas durante o ano inteiro, devido à Covid-19.

·         Confira dicas para as provas no De Boa no Enem

Ao todo, o estado teve 129.101 inscritos. O número cresceu cerca de 8,2% em relação ao ano passado, quando se inscreveram 119.324 pessoas - são 9,7 mil pessoas a mais. As provas são aplicadas em 40 cidades potiguares.

Somente Natal terá aplicação de provas para 42.456 pessoas, ou 32% dos candidatos do RN. Depois da capital, os municípios com mais pessoas inscritas para o Enem são Mossoró (15.255), Parnamirim (7.176), Caicó (4.917) e Pau dos Ferros (4.456).

Embora o Inep afirme que a capacidade das salas será reduzida pela metade, como medida de prevenção à covid-19, o órgão não informou ao G1 quantas salas foram disponibilizadas neste ano no Rio Grande do Norte, informando que os dados sobre logística só serão divulgados após a prova. No Enem 2019, o estado contou 3.281 salas de provas distribuídas em 236 locais.

A prefeitura de Natal anunciou que aumentou o número de ônibus circulando neste domingo (17), para atender à demanda. Já a Polícia Militar informou que reforça a segurança em todo o estado com 1.800 policiais militares atuando na segurança da prova.

Protocolo contra a Covid-19, divulgado pelo Inep


·         Uso obrigatório de máscaras para candidatos e aplicadores;

·         Disponibilização de álcool em gel nos locais de prova e nas salas (a quantidade total só será conhecida após a aplicação do exame);

·         Recomendação de distanciamento social no deslocamento até as salas de provas

·         Identificação de candidatos do lado de fora das salas, para evitar aglomeração – haverá marcações no piso para ter distanciamento, caso haja fila

·         Contratação de um número maior de salas: na edição de 2019 foram 140 mil locais de aplicação; agora serão 200 mil no país.

·         Salas de provas com cerca de 50% da capacidade máxima

·         Candidatos idosos, gestantes e lactantes ficarão em salas com 25% da capacidade máxima

·         Higienização das salas de aulas, antes e depois do exame

Faixa etária dos candidatos potiguares


·         Menor de 16 anos - 213

·         16 anos - 1.834

·         17 anos - 6.763

·         18 anos - 14.312

·         19 anos - 14.881

·         20 anos - 12.277

·         De 21 a 30 anos - 53.342

·         De 31 a 59 anos - 25.100

·         60 anos ou mais - 379

 fonte:g1rn

ANUNCIE AQUI LIGUE:  
99433-5589. Acesse Email: xuadoagreste@hotmail.com


sexta-feira, 15 de janeiro de 2021

Governo Bolsonaro aumenta imposto de importação de oxigênio

 

Em meio ao aumento da demanda pelo insumo, governo abandona isenção aprovada em 2020 e publica resolução que aumenta encargos.

O governo de Jair Bolsonaro e Paulo Guedes elevou imposto de importação sobre os cilindros usados no armazenamento de oxigênio e gases medicinais, dias antes do caos visto em Manaus justamente por falta de oxigênio.

Tais produtos estavam isentos de tributação desde o começo de 2020, quando foi lançado um pacote para facilitar o combate à pandemia. Agora, os cilindros voltaram a ser tributados, em resolução publicada pela Câmara de Comércio Exterior.

Segundo informações da BandNews FM, o valor de um cilindro grande passou a custar cerca de R$ 1.600,00, afetado pelo reajuste dos encargos e pela alta do dólar, o que tornou a importação praticamente inviável.

Atualmente, o Brasil possui apenas dois fabricantes de reservatórios de oxigênio e boa parte da produção é exportada.

Confira a íntegra da resolução publicada em 24 de dezembro, e que coloca uma série de insumos necessários para a atividade do setor de saúde como exceção para isenção de encargos.


fonte:ggn

ANUNCIE AQUI LIGUE:  
99433-5589. Acesse Email: xuadoagreste@hotmail.com


quarta-feira, 13 de janeiro de 2021

Morreu o deputado estadual paraibano João Henrique, vítima de Covid-19

 

Morreu na tarde desta terça-feira (12/1) o deputado estadual João Henrique (PSDB), aos 77 anos, por complicações da covid-19.

A informação foi confirmada por seu filho, o advogado Michel Henrique.

João Henrique estava internado desde o dia 7 de dezembro no Hospital Vila Novo Star, em São Paulo.

ANUNCIE AQUI LIGUE:  
99433-5589. Acesse Email: xuadoagreste@hotmail.com


Ford encerra produção de veículos e fecha fábricas no Brasil

 

A Ford anunciou nesta segunda-feira (11) que vai encerrar a produção de veículos no Brasil e fechará todas as suas fábricas no território nacional até o final do ano. Os quatro modelos feitos pela marca no país — EcoSport, Ka, Ka Sedan e T4 — continuarão à venda enquanto durarem os estoques.

 Conforme a montadora, a decisão foi motivada pela capacidade ociosa da indústria e a redução nas vendas, ampliadas pela pandemia. “Estamos mudando para um modelo de negócios ágil e enxuto ao encerrar a produção no Brasil, atendendo nossos consumidores com alguns dos produtos mais empolgantes do nosso portfólio global”, comentou o CEO da Ford Jim Farley.

As fábricas localizadas em Taubaté (SP), de onde saíam motores e transmissões, e de Camaçari (BA), na qual eram feitos o Ka e o EcoSport, serão fechadas imediatamente. Já a planta industrial de Horizonte (CE), responsável pela fabricação do Troller T4, terá as atividades encerradas no último trimestre de 2021.Vale lembrar que a companhia havia fechado a fábrica de São Bernardo do Campo (SP) em 2019. E com estes novos encerramentos, manterá no país apenas a sede administrativa da Ford para a América do Sul, na capital paulista, o Centro de Provas em Tatuí (SP) e o Centro de Desenvolvimento de Produto na Bahia.

 Importação de veículos

Presente no Brasil desde 1919, a Ford continuará no mercado nacional por meio da importação de carros, principalmente das suas fábricas no Uruguai e na Argentina, priorizando modelos com novas tecnologias.

 De acordo com Farley, a montadora vai “acelerar a disponibilidade dos benefícios trazid

os pela conectividade, eletrificação e tecnologias autônomas suprindo, de forma eficaz, a necessidade de veículos ambientalmente mais eficientes e seguros no futuro”.

 A nova geração da Ranger, o Mustang Mach 1, a Transit e o Bronco são alguns dos veículos que a marca importará para o Brasil. 

Com informações do site: Tecmundo

ANUNCIE AQUI LIGUE:  
99433-5589. Acesse Email: xuadoagreste@hotmail.com


 

Partidos já pensam na próxima eleição e tentam montar chapa para derrotar Fátima em 2022

  Walter Alves (MDB), Fábio Faria (PSD), João Maia (PL) e Ezequiel Ferreira (PSDB) conversam sobre 2022 Aproveitando o recesso do Congress...