segunda-feira, 28 de agosto de 2017

Caravana de Lula leva multidão às ruas de Currais Novos no RN

O largo do Hotel Tungstênio, na cidade de Currais Novos, ficou pequeno para a multidão que recebeu, na noite de domingo (27), o ex-presidente Lula. Ele chegou acompanhado pela senadora Fátima Bezerra (PT), o deputado estadual Fernando Mineiro (PT) e o prefeito Odon Junior (PT), além dos demais integrantes da caravana “Lula pelo Brasil”.
Lula lembrou que fez a primeira caravana pelo país após perder as eleições de 1989 com o objetivo de conhecer melhor o Brasil, porque queria “governar a partir da realidade do povo, não da concepção que temos dos livros nem das pesquisas de opinião pública”.
O ex-presidente disse que resolveu fazer a nova caravana porque sentia “orgulho de tudo o que fez pelo Brasil”. “Eu sei que a perseguição que sou vítima não é contra mim. Eles estão tentando tirar do povo às conquistas que tivemos nos últimos anos no Brasil”, declarou.
“A gente não via negro nesse país sendo gerente, era só servente. Eles achavam que nordestino deveria ser só pedreiro em São Paulo, mas eu disse que nordestino também queria ser médico e engenheiro”, disse, ao falar sobre a democratização do acesso ao ensino técnico e universitário durante seus governos e o da presidenta Dilma.

“Em 100 anos, eles fizeram 140 escolas técnicas no Brasil. Nós assumimos em 2003, quando havia uma lei que proibia o investimento na expansão do ensino técnico. Revogamos essa lei e em 12 anos fizemos 470 Institutos Federais de Educação Tecnológica, que dão ao jovem uma oportunidade na vida”, ressaltou.
Lula mencionou o golpe que depôs a presidenta Dilma em 2016. Ele afirmou que a população foi enganada pela mídia, que convenceu uma parte do povo de que o PT havia “quebrado o Brasil”.
“Eles derrubaram 54 milhões de votos da Dilma, ocuparam o poder e enganaram o povo. Então, eu pergunto: o que foi que melhorou com Temer?”, questionou. A resposta do povo veio com gritos de “Fora Temer”.
Homenagens
A população esperava o ex-presidente desde as 15h, quando teve início a programação cultural no palco armado na Avenida Cel. José Bezerra. Lula terminou se atrasando porque fez uma parada rápida em Acari, terra do deputado federal Vicentinho (PT-SP), que acompanhou a caravana no RN.
Mas nem a demora tirou o ânimo da população, que recebeu o ex-presidente ao som do tradicional “olê, olê, olê, olá, Lula, Lula”. O prefeito Odon Júnior disse que aquele era um “momento histórico para a cidade”.
“Currais Novos agradece pela maior obra que recebemos nas últimas quatro décadas, que é o IFRN, responsável por mudar a vida de milhares de jovens do Seridó”, observou o prefeito.

O deputado Fernando Mineiro lembrou que, em 1994, Lula esteve naquele mesmo local onde a multidão se aglomerava para ouvi-lo em Currais Novos. Ele disse, nesta noite, “o carinho do povo era muito maior”.
“Em 94, viemos aqui para dizer que o país poderia ser mudado. Agora, a gente volta aqui, numa outra caravana, para constatar duas coisas: primeiro, o quanto nosso país mudou. Em segundo lugar, para dizer o quanto você, Lula, foi responsável pelas profundas mudanças ocorridas no Brasil”, destacou.
Mineiro disse que, ao percorrer novamente o país, “Lula nos anima, ajuda a nos manter de pé e nos convoca à luta, porque o país precisa dessa luta”.
A senadora Fátima Bezerra declarou que o povo estava demonstrando o seu “reconhecimento pelo que Lula fez pelo Brasil e pelo Nordeste. “O Nordeste era tratado como depósito de pobres. Lula mudou essa realidade. Foi com os governos do PT que chegaram vários programas sociais: Bolsa Família, Luz para Todos, Minha Casa Minha Vida, Mais Médicos, Programa de Cisternas e a Transposição do São Francisco”, enumerou.
Ela falou, ainda, sobre a conquista da Ufersa, a expansão das vagas na UFRN e a abertura da Escola Multicampi de Ciências Médicas para o Seridó e o Trairi. “É isso que explica esse imenso carinho que o povo tem pelo ex-presidente Lula”, frisou.
Lula recebeu, ainda, homenagens de estudantes do IFRN, quilombolas e trabalhadores rurais. O vice-presidente nacional do PT, Márcio Macedo, afirmou que “a nova caravana é para levar esperanças para nosso povo e nossa gente”.
Depois de Currais Novos, Lula segue nesta segunda-feira, 28, para Mossoró, onde deverá ser recepcionado com uma grande festa, começando a partir das 15h, ao lado da Estação das Artes Eliseu Ventania.
Fonte; Blog do deputado Mineiro e Fotos: Vlademir Alexandre.

ANUNCIE AQUI LIGUE:  
99433-5589. Acesse Email: xuadoagreste@hotmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário