segunda-feira, 25 de março de 2019

Acusado de matar empresário do ramo de camarão no litoral do RN vai a júri popular


O acusado é Leonardo de Melo Barros

Alexandre Alter Wainberg, que também era biólogo marinho, tinha 54 anos. Ele foi morto a facadas em julho de 2015 em uma fazenda de camarão de sua propriedade, em Tibau do Sul.

Foi sentenciado a júri popular, em data ainda a ser marcada, o homem acusado de matar a facadas o biólogo marinho e empresário do ramo de camarão Alexandre Alter Wainberg, de 54 anos – crime ocorrido no dia 30 de julho de 2015 em Tibau do Sul, no litoral potiguar.
O carcinicultor ainda foi socorrido, mas morreu a caminho do hospital. O réu é Leonardo de Melo Barros, que trabalhava em uma fazenda de criação de camarão e ostras que pertencia ao empresário.

O advogado Flaviano Gama, que vai atuar no júri como assistente de acusação, disse ao G1 o que espera deste julgamento: "Que a justiça se manifeste em sua essência, impondo uma condenação no mesmo nível e proporção a crueldade e frieza com que o crime foi praticado".


fonte;vnt
ANUNCIE AQUI LIGUE:  
99433-5589. Acesse Email: xuadoagreste@hotmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário