quinta-feira, 30 de julho de 2020

Ex-jogador Marcelinho é demitido depois da 'presepada' com Bolsonaro


Depois da péssima repercussão em Live com Bolsonaro, o ex-jogador Marcelinho Carioca acabou perdendo um contrato de publicidade. A aparição nas redes caiu muito mal entre os torcedores do Corinthians, cuja camisa foi usada pelo presidente.

A reportagem da revista Veja destaca que “o encontro também gerou constrangimento na diretoria do Corinthians e no banco BMG, seu patrocinador. O clube se apressou em dizer que não tinha qualquer relação com o encontro. “O Sport Club Corinthians Paulista torna público que não teve qualquer participação na iniciativa do ex-jogador Marcelinho Carioca, em Brasília.

A entrega da camiseta nesta quarta, na Presidência da República, foi uma ação única e exclusiva do ex-atleta.”

A matéria ainda acrescenta que “o presidente do clube, Andrés Sanchez, ex-deputado federal pelo PT, afirmou que “Marcelinho não é contratado nem funcionário do Corinthians. Como cidadão, faz o que bem entende”. O ex-jogador, no entanto, era embaixador de uma parceria entre o Corinthians e o banco BMG, patrocinador Master do clube. No Twitter, a hashtag

fonte:246

ANUNCIE AQUI LIGUE:  
99433-5589. Acesse Email: xuadoagreste@hotmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Decisão da mesa diretora da Câmara Municipal cassa mandato do vereador Thiago Araújo de Carvalho(PSD) em Nova Cruz

foto via internet Foi publicado nesta segunda feira 10 de agosto, no Diário Oficial do município de Nova Cruz, a decisão da mesa dire...