quarta-feira, 10 de outubro de 2018

TÁ FICANDO PERIGOSO: "Médica rasga receita de idoso por o mesmo ter votado em Haddad"


A campanha presidencial está entrando por um caminho perigoso.

Esta semana na Bahia, um mestre de capoeira foi morto a facadas por um eleitor de Bolsonaro, porque disse ter votado no candidato do PT Fernando Haddad.

Hoje no RNTV primeira edição, uma reportagem destacou que uma médica do Hospital Giselda Trigueiro rasgou a receita médica de um paciente idoso por o mesmo ter dito que havia votado em Fernando Haddad, a matéria também foi destaque no TVU Notícias.

A intolerância, que foi pregada durante toda a campanha e segue também no segundo turno, está surtindo efeito terríveis, não é por aí que se constrói um novo Brasil, não é discriminando pessoas por sua cor, sexo, orientação sexual e até por opção partidária que o nosso país vai mudar.

Mais amor e menos intolerância!
via blog Ivanildo souza

ANUNCIE AQUI LIGUE:  
99433-5589. Acesse Email: xuadoagreste@hotmail.com

Um comentário:

  1. Realmente. O PT era p governar só o nordeste.o povin pra gostar de ladrão.

    ResponderExcluir

Partidos já pensam na próxima eleição e tentam montar chapa para derrotar Fátima em 2022

  Walter Alves (MDB), Fábio Faria (PSD), João Maia (PL) e Ezequiel Ferreira (PSDB) conversam sobre 2022 Aproveitando o recesso do Congress...