terça-feira, 9 de julho de 2019

Suspeito morre após troca de tiros com a PM em Extremoz, na Grande Natal


Marcas de tiros na lataria da viatura da PM, na Grande Natal — Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi

Um homem suspeito de chefiar um grupo criminoso em Extremoz, na região metropolitana de Natal, morreu durante um confronto com a Polícia Militar na noite desta segunda-feira (8). Um outro suspeito conseguiu fugir após o tiroteio.

De acordo com a PM, os militares receberam a informação de que homens armados envolvidos com o tráfico de drogas estariam trafegando pela BR-101 em Extremoz. A partir daí, os policiais começaram a fazer buscas perto da região de Pitangui, no Litoral Norte, e conseguiram chegar aos suspeitos, que estavam com revólveres.

Ainda segundo a PM, a viatura abordou o carro modelo Parati, onde estavam os suspeitos, mas o veículo não parou. Foi quando começou a perseguição, que durou cerca de um quilômetro e meio. No fim, os ocupantes do carro pararam o carro e tentaram sair correndo, atirando no carro policial. A viatura ficou com pelo menos duas marcas de tiros. No confronto, Valtercley Bruno Morais Leite, de 34 anos foi atingido. O outro suspeito conseguiu fugir.

O homem foi socorrido pelos policiais militares até o Hospital Dr. José Pedro Bezerra, mais conhecido como Hospital Santa Catarina, na Zona Norte de Natal. Apesar disso, ele não resistiu e morreu. A arma que teria sido a usada pelo homem foi apreendida. Todas as munições tinham sido deflagradas, ou seja, foram disparadas durante o tiroteio.

O carro usado pelos suspeitos, que pertencia a Bruno, também foi apreendido. Na Justiça, ele respondia a dois processos - um por porte ilegal de arma de fogo, em 2014, e outro por tráfico de drogas, aberto em 2016.


fonte:g1rn

  ANUNCIE AQUI LIGUE: 
    99433-5589. Acesse Email:     xuadoagreste@hotmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário