domingo, 10 de novembro de 2019

Reinaldo Azevedo: mentira do tríplex sustentou condenação de Lula


O jornalista Reinaldo Azevedo, em seu blog, reafirma que o ex-presidente Lula foi condenado e preso com base numa mentira (delação) do empreiteiro Léo Pinheiro, da OAS, cuja trama teve o conluio do ex-juiz Sérgio Moro e do procurador Deltan Dallagnol.

Citando reportagem da Folha, em parceria com o site The Intercept Brasil, Azevedo diz que um ex-presidente inocente foi mandado para a cadeia a partir de uma delação não comprovada.

Segundo o jornalista, Moro recorreu ao depoimento de Léo Pinheiro com afirmações que não tinham como ser comprovadas.
“Os diálogos dos procuradores evidenciam de forma cabal que, ao longo das investigações, nunca se havia falado em conta geral de propinas e em orientação para destruir provas”, resumiu Reinaldo.
“E assim se mandou um ex-presidente para a cadeia [Lula] e se elegeu um presidente da República [Jair Bolsonaro]. E assim se fez um ministro da Justiça [Sérgio Moro]”, desenhou em seu blog.

O Intercept promete novas revelações nos próximos dias sobre esse horripilante momento da história do País.


fonte:blog do Esmael

ANUNCIE AQUI LIGUE: 
99433-5589. Acesse Email: xuadoagreste@hotmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário