sexta-feira, 5 de fevereiro de 2021

TJRN nega pedido de Rogério Marinho para trancar investigação em que ele é acusado de peculato e enriquecimento político

O Ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, durante cerimônia de sanção do novo Marco Legal do Saneamento Básico.

Blog do Dina destaca que o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN) julgou o pedido de habeas corpus impetrado pela defesa de Rogério Marinho, atual ministro do Desenvolvimento Regional, para trancar a investigação em que ele é acusado de enriquecimento político e peculato.

O julgamento ocorreu nesta quinta-feira (4) na Segunda Câmara Criminal do Tribunal de Justiça. O caso que vem se desdobrando há algum tempo voltou ao noticiário depois que Rogério Marinho ganhou projeção nacional no governo Bolsonaro.

A ação é referente ao período no qual Marinho era presidente da Câmara Municipal de Natal, entre 2005 e 2007. A acusação é de que ele teria autorizado à contratação de funcionários fantasmas para que ele e outros parlamentares embolsassem recursos.

De acordo com as investigações 35 servidores não apareciam para dar expediente na Câmara Municipal de Natal, mas recebiam os salários mensalmente. Além destes há outros considerados “superfantasmas” que sequer faziam ideia que seus nomes era usados no esquema. Parte desse grupo, atendia aos interesses financeiros do então vereador.

Fonte: Blog do Dina – Dinarte Assunção 

ANUNCIE AQUI LIGUE:  
99433-5589. Acesse Email: xuadoagreste@hotmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Calçamento segue em ritmo acelerado no bairro Nova Esperança em Nova Cruz

  O prefeito Flávio de Beroi(MDB) visitou na manhã desta terça feira 2 de Março, a obra de calçamento que estar sendo executada no   Bairro ...