segunda-feira, 18 de abril de 2016

A farsa do golpe se consumou

Foto g1.com
O script estava pronto. O cenário perfeito para que a farsa do golpe se consumasse como de fato aconteceu neste domingo no Plenário da Câmara dos Deputados, onde foi aprovado o prosseguimento para o processo de impeachment da presidenta Dilma, e que agora depende do Senado acatar ou não.
Cenas hilárias de deputados como Jair Bolsonaro, por exemplo “abrilhantaram” o picadeiro do circo comandado pelo presidente da Casa, deputado Eduardo Cunha, mentor do golpe que deverá destituir a presidenta Dilma do poder nos próximos dias ou meses.
Dilma está sofrendo um processo de impeachment sem ter cometido improbidade administrativa. As tais pedaladas fiscais estão servindo como pano de fundo para um processo apenasmente político com pitadas de revanchismo. O desrespeito a Constituição ficou claro.
Contudo, graças à Deus vivemos num país democrático, embora muitos dos quais, inclusive alguns dos nossos parlamentares não saibam bem o que é isso. Mas, o Brasil a partir desta segunda-feira certamente terá uma outra cara, cara esta que se espera que seja melhor, óbviamente, como pregam aqueles que defenderam o impeachment da presidenta Dilma.
Cunha, Temer e companhia devem agora cumprir o que prometeram aos deputados que votaram pelo impeachment. Não sei dizer o que prometeram, mas é certo dizer que coisa muito boa deve ser. Talvez até acabar com a Lava Jato, onde alguns dos que votaram pelo sim ao impedimento estão envolvidos.
Como brasileiro, embora repito, o impeachment não é golpe, mas a maneira como foi proposto é, torço sinceramente para que saiamos dessa crise política e econômica que vivenciamos.
A conferir!
Acesse o blogdobarbosa clicando no link http://www.blogdobarbosa.jor.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário