quarta-feira, 15 de março de 2017

Em menos de três meses, Rio Grande do Norte já registrou mais de 500 assassinatos, diz OBVIO

Assassinatos estão recorrentes no RN
Segundo dados divulgados pelo Observatório da Violência Letal Intencional (OBVIO), que monitora as mortes violentas no Rio Grande do Norte, o estado já acumula, somente nos três primeiros meses de 2017, nada menos do que 503 assassinatos.
O OBVIO revelou, ainda, que 2017 já começou mais violento do que 2016, ano que até então é considerado o que teve mais mortes por assassinatos na história do estado potiguar.
Entre a madrugada desta terça-feira (14) e a manhã desta quarta (15), pelo menos cinco pessoas foram assassinadas na Grande Natal e uma sexta no município de Caicó.
Entre os 503 assassinatos que já foram registrados este ano, 483 são de homens e outros 18 são de mulheres. Existem, ainda, dois corpos que não tiveram identificação de sexo e por isso estão entre os ‘não-reconhecidos’, completando o número.
A arma de fogo é a principal ‘causadora’ das mortes. 426 pessoas morrem através de tiros. 56 foram mortas com golpes de armas brancas; 7 por objetos cortantes; 8 por espancamento e 3 por asfixia.
Natal é a cidade que mais teve caso registrados em 2017: 135. Em seguida aparece Parnamirim, com 38, Ceará-Mirim, com 37, Nísia Floresta, com 30, Macaíba com 19 e São Gonçalo do Amarante com 17. Outros cinco municípios também tiveram casos de assassinatos registrados neste ano.
fonte:agorarn
ANUNCIE AQUI LIGUE:  
99433-5589. Acesse Email: xuadoagreste@hotmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário