quinta-feira, 13 de abril de 2017

Henrique Alves e Geddel Vieira são citados como receptores de propina em 2010



 Ex-ministro do Turismo e ex-deputado federal pelo RN, Henrique Alves

O ex-ministro do Turismo Henrique Alves (PMDB) também foi mais um político potiguar a ser citado nas delações da Odebrecht reveladas em uma lista divulgada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin. De acordo com documentações que registraram uma troca de e-mails entre empreiteiras na obra Tabuleiros Litorâneas da Parnaíba, no Piauí, e os agentes públicos. Henrique teria recebido R$ 112 mil em propina no ano de 2010.

Além de Henrique, o ex-deputado federal da Bahia, Geddel Vieira Lima também foi citado e teria recebido R$ 210 mil. De acordo com informações obtidas pelo portal G1 do Rio Grande do Norte, o ex-deputado federal potiguar disse que “desconhece completamente a motivação do processo, mas que tem certeza de que tudo será esclarecido e o processo arquivado”.

Com informações retiradas do G1-RN

ANUNCIE AQUI LIGUE:  
99433-5589. Acesse Email: xuadoagreste@hotmail.com
 




Nenhum comentário:

Postar um comentário