quinta-feira, 19 de outubro de 2017

HOMEM É SUSPEITO DE MATAR MÃE E FILHA E DEPOIS COMETER SUICÍDIO NO INTERIOR DO RN

Mara Melo de Andrade, de 20 anos e a filha dela Nicole, de 1 ano, foram encontradas mortas dentro de casa (Foto: Arquivo da família)

A jovem dona de casa Mara Melo de Andrade, de 20 anos e a filha Maiara Nicole, de apenas 1 ano, foram encontradas mortas na tarde desta quarta-feira (18), dentro de casa, na Rua Rufino Alves, no bairro Boa Vista, em Mossoró-RN por Carlos Augusto de Melo, irmão de Mara.

 Quando o ITEP estava periciando o local da ocorrência, chegou a informação que o pai do bebê, de nome Lindonjhonso, havia tirado a própria vida em Governador Dix Sept Rosado. Este caso, no entanto, não foi confirmado pela polícia como sendo uma sequencia do evento trágico em Mossoró.

O SAMU foi acionado por volta de 17h30 para socorrer as vítimas. Antes de acionar o SAMU, Carlos Augusto contou que saiu em desespero para pedir ajuda na UPA do Belo Horizonte, numa tentativa de salvar a irmã e a sobrinha, que havia comemorado aniversário, de 1 ano, nesta terça-feira, 17.

Segundo Carlos Augusto de Melo, a irmã Mara Melo estava roxa e a sobrinha fria. As duas estavam deitadas, uma ao lado da outra, no meio da sala da casa. Os profissionais do SAMU, que atestaram o óbito das duas, ficaram chocados com a cena da mãe e a bebê de 1 ano mortas no meio da sala.

 A vizinha contou que havia escutado a bebê chorando no início da tarde. Os profissionais do SAMU adiantaram que a morte da mãe e da bebê havia sido há mais ou menos 3 horas, ou seja, de 15 horas. Esta informação veio a ser confirmada pelos peritos do ITEP, que foi acionado ao local.

O perito Eduardo Alexandre disse que não encontrou sinais de luta na casa e nem hematomas nas duas vítimas. Disse que a possibilidade da morte ter sido por choque elétrico está praticamente descartada. Não existem indícios que aponte neste sentido. O SAMU também havia dito que choque elétrico não havia sido.

A Polícia Militar chegou logo em seguida do SAMU e começou a fazer o isolamento da área. Ao todo, o trabalho de isolamento foi feito por três viaturas da PM, sendo que uma do Departamento Estadual de Trânsito. Um número enorme de curiosos fechou o endereço da vítima, na Rua Romualdo Galvão, no bairro Belo Horizonte.

Quando a equipe do ITEP fazia a pericia no local, chegou à informação que o pai do bebê Maiara Nicole, conhecido por Lindonjonso, havia se matado em Governador Dix Sept Rosado. A informação foi confirmada pela Polícia Militar. Os vizinhos contaram ao MOSSORÓ HOJE informações que podem contribuir com as investigações.

Segundo uma amiga da Mara Melo, o casal não vivia junto. Mara havia solicitado ajuda para fazer a festa de aniversário da filha de 1 ano nesta terça-feira, 17, e Lindonjhonso havia se negado. Nesta quarta-feira, 18, ele teria ido a casa de Maria e a filha deixar uma cesta básica. A feira estava perto da porta da sala.

As suspeitas dos profissionais de saúde e também do ITEP, que estiveram no local, é que a morte teria sido ocasionada por asfixia mecânica. Segundo o perito Eduardo Alexandre, somente um exame mais apurado na sede do ITEP vai determinar com precisão hora e o que realmente teria ocasionado a morte das duas.


 O caso deve ser investigado em inquérito policial conduzido pela Policia Civil, que não foram visto no local, como de praxe acontece em locais que acontece mortes violentas em Mossoró. Será esta investigação que vai determinar ou não se Lindonjhonso matou a filha bebe a mulher e depois tirou a própria vida.
ANUNCIE AQUI LIGUE:  
99433-5589. Acesse Email: xuadoagreste@hotmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário