terça-feira, 30 de janeiro de 2018

HÁ 29 ANOS MORRIA CARLOS ALEXANDRE.(Fotos: Cruzeiro onde ocorreu o acidente/ foto do acidente/ matéria da Tribuna do Norte e foto do cantor).

Assim relatou o Jornal Tribuna do Norte sobre o sinistro: 

"Início da tarde de 30 de janeiro de 1989, o cantor Carlos Alexandre, na companhia de três membros da sua equipe retornava para Natal após à realização de um show na cidade de Pesqueira (PE). O Opala que os transportava era dirigido pelo motorista do cantor. 
Ao chegarem ao município de São José de Campestre (RN), o motorista alegando cansaço, estaciona o veículo e compra uma carteira de cigarros. Com pressa para chegar em casa, o cantor Carlos Alexandre assume à direção do carro e parte em direção a capital potiguar. Sete quilômetros à frente, o inesperado: Carlos Alexandre perde o controle do Opala e colide com a cabeceira de uma ponte. 
O acidente é terrível. Sem utilizarem o cinto de segurança Carlos, seu baterista e o seu contrabaixista são arremessados para fora do veículo e falecem no local. O motorista, que no momento estava sentado no banco do carona, utilizava o cinto e consegue escapar com vida".

Uma grande multidão de fiéis e familiares compareceram ao seu velório que ocorreu no ginásio da Nova Esperança em Natal e o seu corpo foi enterrado no Cemitério do Bom Pastor.
Histórico:

"Pedro Soares Bezerra, era o nome verdadeiro de Carlos Alexandre. Nascido no município de Nova Cruz, em 1 de junho de 1957 era filho de Gennaro Bezerra Martins e Antonieta Feconstinny Bezerra.

Sua carreira artística teve início no ano de 1975, quando ainda utilizava o nome de "Pedrinho". Posteriormente conheceu o radialista da rádio Cabugí de Natal, Carlos Alberto de Souza, que o levou para gravar na RGE um compacto simples com as canções "Arma de Vingança" e "Canção do Paralítico". o compacto foi um sucesso é "Pedrinho" - já usando o nome de Carlos Alexandre - teve as portas do sucesso abertas. Em seguida lançou o seu maior sucesso: "Feiticeira".

Posteriormente gravou os seguintes discos: 

1979 Carlos Alexandre - A Ciganinha Vol. 02
1980 Carlos Alexandre - Já Troquei Por Outra Vol. 03
1981 Carlos Alexandre - Mulher De Muitos Vol. 04
1982 Carlos Alexandre - Revelação De Um Sonho Vol. 05
1983 Carlos Alexandre - Cartão Postal Aqui Estou Vol. 06
1984 Carlos Alexandre - Vem Ver Como Eu Estou Vol. 07
1985 Carlos Alexandre - Final De Semana Vol. 08
1986 Carlos Alexandre - Gato e Sapato Vol. 09
1987 Carlos Alexandre - Nosso Quarto é Testemunha Vol. 10
1988 Carlos Alexandre - Sei Sei Vol. 11
1989 Carlos Alexandre - Eternamente Vol. 12


De Claudio Lima News:

Em 1990, a Rádio Curimataú AM ( 1.530 MHz) realizava um grande show em homenagem ao primeiro ano de seu falecimento no "Chalé Clube" e que contou com as presenças de vários cantores da música "brega" do estado e do país. Lá estava o seu filho, Carlos Alexandre Filho e seu irmão Paulo Márcio, este último que tive o prazer de entrevistá-lo sobre a carreira e a morte do grande ídolo Carlos Alexandre.

fonte:Claudio Lima e Tribuna do norte

ANUNCIE AQUI LIGUE: 
99433-5589. Acesse Email: xuadoagreste@hotmail.com


Nenhum comentário:

Postar um comentário