quarta-feira, 25 de março de 2020

Coronavírus: Governo aumenta restrição ao funcionamento do comércio e proíbe eventos com mais de 20 pessoas no RN


Comércio de portas fechadas em Natal — Foto: Lucas Cortez/Inter TV Cabugi
A governadora Fátima Bezerra determinou nesta terça-feira (24) o fechamento do comércio no Rio Grande do Norte para conter a propagação do coronavírus. A medida foi publicada no Diário Oficial desta quarta (25).

De acordo com governo, o decreto determina "o fechamento de qualquer loja e atividade comercial que possua sistema artificial de circulação de ar, excetuando-se aquelas destinadas à comercialização de alimentos, medicamentos e de atividades essenciais". São consideradas atividades essenciais farmácias, supermercados, postos de gasolina, etc.


O novo decreto também prorroga o fechamento de restaurantes, bares, lanchonetes e similares até o dia 2 de abril.

✅ Novas medidas de combate e prevenção ao no Rio Grande do Norte

O Decreto Nº 29.556 será publicado na edição do Diário Oficial desta quarta-feira, 25.

Determinações ⬇️

- Eventos agora só podem ocorrer com no máximo 20 pessoas por reunião;

+
126 people are talking about this



Outra restrição adotada pelo governo estadual é com relação ao número de pessoa em eventos, restrito a no máximo 20 pessoas por reunião.

O texto também esclarece que a proibição de funcionamento de bancos e financeiras não se aplica às lotéricas, considerando que as mesmas são responsáveis pelo abastecimento de dinheiro na maioria dos pequenos municípios, além de ser a fonte de pagamento de programas sociais como o Bolsa Família.

No entanto, cada estabelecimento deve ser responsável pela organização das filas, de modo a obedecer a distância mínima de 1,5 m entre os clientes.

Além disso, o novo decreto prorroga os Autos de Vistoria do Corpo de Bombeiro (AVCB) e as licenças e autorizações expedidas pelo Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (IDEMA), que vencerem nos próximos 30 dias, automaticamente até a data de 24 de abril de 2020, como medida de diminuir o fluxo de atendimento de tais órgãos, bem como a necessidade de vistorias externas, devendo ser mantidas todas as condições de funcionamentos já exigidas. Esta medida não é válida para o setor petroleiro ou para autos e licenças vencidas.

fonte:g1rn
ANUNCIE AQUI LIGUE:  
99433-5589. Acesse Email: xuadoagreste@hotmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ministério Público recomenda que prefeita de Lagoa D’anta mude cor de prédios públicos e fardamentos

Prefeita Municipal de Lagoa D’anta, Taianni Lopes Santos. A prefeita de Lagoa D’anta deve promover uma nova pintura para os prédios p...